domingo, 8 de dezembro de 2013

Tocaia sensual



Quando sentires que um calor sobe pelo seu peito
E enternecida pelas palavras sonha
Lembra-se de mim!
Pois aqui, distante, penso em ti
E a maneira de expressar o que sinto
Desliza na ponta dos meus dedos...
Que ágeis procuram te mostrar um sentimento puro, terno, sensual...
Esses mesmos dedos que esperam para tocar seu corpo com suavidade e ternura
Num instante mágico de entrega plena
Que a cada instante fica mais próximo

Como caçador, na tocaia da caça!

Sonhos de amante



Ao sentir o peito arfando
O amante se extasia pela amada
E passa os dias sentindo o frescor do perfume
As carícias de afago e as vontades contidas!
Com calma espera um novo encontro
E turbilhões de pensamentos passam por seu ser
Pois espera paciente pelo beijo
E o entendimento de quem ama e o faz viver!

Divagações do alvorecer

Antes que dormisse, já estava em teu sonho.
O sol ainda não tinha surgido
E meu pensamento era em sua felicidade!
Quando contemplei a laranja fogo do astro rei
Que surgia no horizonte rezei por você.
Vi cada raio que aparecia lentamente no céu
Trazendo o dia!
E fiquei comovido com o canto do canário terra que me lembrava de você!
Seu cantar era esperançoso e forte
O que me fez apertar o passo e seguir firme ao teu encontro!


Detalhes


Um só pensamento
O calor no peito
O gosto na boca
Com o desejo contido!
A fera indomável
Trancada no abrigo
Espera o momento
De correr pelo espaço
E se deleitar na cumplicidade infinita
De amar! Amar! Amar!

E sorrir...

Brilho de amor










Só quem vê o amanhecer
Conhece o brilho do sol.
Para amar tem que se entregar
Sem exigir, sem pedir, apenas dar...
Pois amor incondicional é como o sol,
Brilha sem se preocupar se nuvens impedem
Que seus raios cheguem ao chão...
O sol brilha...
Eu amo...

Amor Futuro



Soturnamente deixo que as emoções tomem conta de mim.
Um leve sorriso se estampe em meu rosto ao pressentir teu ser.
E quando a brisa que me traz notícias suas toca meu rosto,
enterneço de vez o coração.
E vibro ao saber que pensa em mim,
pedindo ao seu peito que se encoste a mim.
Amada da minha vida que surgiu num turbilhão existencial
Deixa sua vida ao meu lado pela eternidade que se descortina
diante de nós.
Pois o amor que lhe dedico é épico e ficará marcado na existência
do mundo para ser cantado em prosa
pelos amantes do futuro!


O amor e o sol





O amor é como o sol
Ao surgir, raios dourados de paixão
Que se expandem em plenitude clareando o dia
E repousa suavemente no cair da tarde
Para recomeçar novamente no girar da vida...
E tal como o sol, o amor é permanente, pois mesmo que seja noite agora

Ele está presente, brilhando em outra realidade.