terça-feira, 20 de outubro de 2015

Deusa do amor caliente

Deixa seu corpo à mostra
Sente o desejo através do espaço...
Não recusas teu carinho ao bronco...
mostra tua pele aos que a desejam.
Não se entrega, se dã.
Não concorda, aceita.
faz amor com todos, mas sente
e seu sorriso de menina se revela ao que ama...
como se o amor pudesse ser medido
e na solidão do quarto, não chora, mas pede por um amor de fato
Sabes que existe e que te admira, mas calado, fica mudo
e no silencio, apenas te admira.
Deixa o encantamento e segue, pois viver ~e mais importante que sonhar.

sábado, 10 de outubro de 2015

Tão suave quanto o mar

Como brisa deslizas teu encanto sobre as ondas.
Desfruta da vida como ser divino que és...
Se encanta com a oração que vem do sublime...
E distribui generosidade em seu passar.
Deixa a vida seguir seu curso
Pega carona no vento para cantar o amor!
Diz versos suaves na noite calma...
E pede num sussuro pela beleza de viver o bem...

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Entrega ao desejo



Vem, sonha comigo, sente meu corpo, se entrega!
Deixa meu corpo em êxtase. cuida do meu prazer!
Entrega sua vida na minha e persegues o amor!
que se transforma em desejo sublime de um viver enamorado de uma existência nova.
Vem com seu corpo de encontro ao meu, se entrega, deixa meu viver no seu viver!
E assim construímos um sonho novo, onde a distância não é impedimento.
Deixa meu amor cuidar do seu corpo, minha vida ser a sua vida e assim....
Nos encantamos!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

A altivez do cambará caído

Escondido, por anos procurou vencer a mata que ja não existe mais!
todos os dias se perguntava e questionava.
Onde esta a mata?
Rei de que?
A alguns metros, um único remascente testemunha sua existência.
Estranhamento. eles surgiram, máquinas potentes, homens ágeis, corte profundo!
E o Cambará caiu.
Por dias suas partes foram esquartejadas, o melhor ganhou lugar incerto.
Restou o refugo e seus galhos ja sem vida, num ultimo e derradeiro esforço. deixou suas flores altivas!
que ocuparam lugar sagrado e mudaram a existencia dos homens!

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Imaginação



Deixa voar o pensamento...
Que os desejos julguem o que vem...
A vida se transforme em sonhos...
e o que será, na verdade, ninguém sonhará!
Pois o desejo é contido
A verdade só minha
A nudez revelada
O corpo desejado.
Mas eu me contenho
nunca me entrego
Pois partilho prazer
Quando o prazer é partilhado.
A meiguice do olhar
é rugido de fera.
É luta na relva
é entrega ao canto!
Vem, imagina
Pensa o que farei, sonha, se esbalda...
mas deixa-me viver, pois sou assim...
Única, completa, cheia,
igual a felicidade, não posso ser contida, aprisionada...
Sou como o vento, livre, forte, sem fronteiras
Então....Imaginas...