sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Demorou, mas voltei

Depois de muito tempo, primeiro num penoso tratamento, depois em busca de um trabalho que permitisse a minha sobrevivência (abandonei a Tribuna das Cidades)finalmente a chuva caiu na terra árida da minha vida e passei a desenvolver um dos trabalhos que mais gosto, a pesquisa. Estou contratado pela Angulo Pesquisas de Curitiba e desde o começo, tenho percorrido esse Brasil de todas as gentes. Nesse instante, quando são precisamente 8 horas em Brasília, escrevo de um quarto no Hotel Nacional Inn Previdência, na linda Araxá, embalado pelo som dos pássaro, tais como, papagaios, sabiás e tucanos.
Não conhecia essa parte do Brasil, mas estou feliz em saber que não é em todo o lugar que a devastação tomou conta. Aqui tem agricultores, fazendeiros, meeiros, uma culinária excepcional e o melhor, a natureza ainda existe. Isso é uma prova de que podemos utilizar os recursos naturais sem devastar.
Sintia saudades de ver bandos de papagaios voando em alarido e essas viagens tem me proporcionado isso, apesar do pouco tempo para a contemplação. Prometo que dentro das possibilidades vou postar algumas fotos ou quem sabe um vídeo, pedindo desculpas a todos que me acompanham pela demora. Em tempo: vou continuar com as cronicas da cidade.
Abraços a todos.