quinta-feira, 30 de julho de 2015

Chuva de lágrimas

Presença, viver, sonhar!


Lento o tempo apaga sonhos, acoberta o viver
e a história se manifesta...
e num sopro de coragem
deixa correr lágrimas tão abundantes
que ameaçam um novo dilúvio na terra...